Trump meu querido #TAMOSJUNTOS

sexta-feira, novembro 11, 2016


O mais recente presidente dos EUA é (para quem vive numa caverna e possa não ter conhecimento do drama decorrido no dia 9 de Novembro de 2016) o magnata Donald Trump

Caros simpatizantes do Donald Trump, venho dizer-vos que ESTOU DO VOSSO LADO!
E, sim, eu agradeço ao povo americano por esta decisão.  

Obama, não chores, é verdade.


Ora bem, eu sei que o Trump concorria contra a Clinton e que o Obama não é (em relação direta) tido nem achado nesta discussão. Mas tendo em conta que foi o anterior presidente dos EUA vou usá-lo para ilustrar (em belíssimo paralelismo, modéstia à parte) as principais diferenças entre Obama e Trump para que todos percebamos o salto qualitativo IMENSO que advém da mais recente escolha do povo americano.

Comecemos, meu povo.
Vejam estas imagens e reflitam.


1) "Deixai vir a mim as criancinhas"


♥   Trump "segura" num pequeno ser como quem agarra numa pasta de documentos em cima da sua secretária. Fá-lo desta forma uma vez que todos sabemos que estes pequenos diabos bolçam e ninguém quer um fato de 7000 euros irremediavelmente estragado. Aqui está um homem poupado e inteligente!
♥   Onde muitos vêem um homem com falta de jeito, tresloucado e com a boca aberta (tal e qual uma abrótea assada) eu vejo duas crianças profundamente emocionadas com o discurso sempre coerente de Trump. Nota-se o entusiasmo em relação ao futuro naqueles pequenos rostos.
✘  Quanto ao Obama só tenho duas observações a fazer: não se aponta que é feio, nem se faz caretas aos mais pequenos! Enfim, este presidente...


2) "A minha família é igual à vossa"
♥   Trump surge no seu humilde T0 com alcatifa e os candeeiros da sua avó, ao lado da sua Melania que veste um lençol em imitação de seda comprado na feira de Espinho e mandado arranjar numa modista para os lados da Afurada. O pequeno Trumpinho está montado num leão de peluche que recebeu no Natal passado por parte de um caçador amigo do seu pai. Tão queridos!
✘  O Obama está sentado na relva de sua casa, certamente uma moradia...capitalista de M&%#$!! Nota-se um certo desconforto entre ele e a sua esposa que está claramente afastada da imagem familiar. Será que ele suborna as duas pequenas diabas contra a mãe? Desta família podemos esperar tudo!


3) "O nosso amor é veeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeerde"
♥   Melania, esta grande querida, acusada de ser "mulher troféu", de plagiar discursos, de ter uma conduta pouco apropriada... tudo isso cai por terra quando vemos este olhar carinhoso e cheio de amor. Aqui está o exemplo de uma mulher que não olha a meios para atingir os fins...e com fins refiro-me à total plenitude e felicidade do seu marido! #PLENA #DEUSA
✘  A Michelle a abraçar o seu marido, com força, como quem diz "Se não fosses o presidente, já tinha bazado com as miúdas e com o raio do cão! Que seja a última vez que te apanho a olhar para o rabo da Beyoncé!!!". Em apenas duas palavras: CASAL DISFUNCIONAL!


4) "A minha mulher é mais melhor boa que a tua!"
♥   Melania, esta deusa do requinte! Como primeira dama dos EUA é absolutamente empenhada na melhoria das condições de saúde dos americanos. Ela dá o exemplo! Está plenamente consciente dos riscos do contacto físico com outras pessoas: viroses, gripes, e tantas outras badalhoquices contagiosas! A Melania parece gritar FUGIIIINDE, afastando-se de todas as fontes de contaminação e tomando sempre a sua dose diária de vitaminas (jóias e coisas brilhantes que nos fazem bem à alma)!
✘  A Michelle é uma fanfarrona: ora são demonstrações de afeto públicas, ora são abraços a criancinhas (mas esta mulher sabe da piolhice que praí anda??)... É uma abusada, até ao James corden já pediu boleia! Sempre de taxa arreganhada, sem o aparato que uma primeira dama deve ter. #EnoughSaid


Posto isto, queridos americanos, ironias à parte, vocês tiveram o privilégio de testemunhar a presidência de um verdadeiro líder que facilitou o acesso à saúde e à educação do vosso povo, que minimizou os impostos de mais de 160 milhões de americanos da classe média, que uniu os povos lutando a favor das minorias e dos direitos humanos; Um presidente que mostrou ao mundo, ao lado da sua Michelle, que o amor é mais forte do que o ódio, um Nobel mundial da paz, e outras cenas que para vocês não fazem muito sentido mas que eu, estupidamente, valorizo imenso.

Obrigada por escolherem o Trump (esse ignorante, preconceituoso, racista, xenófobo, misógino...) e finalmente libertarem o Baminha e a Misha.

Obama se estiveres a ler isto, não é que eu desgoste do Marcelo, mas vem passar o Natal cá a casa, traz a tua família e instala-te para sempre no Palácio de Belém. WE WANT YOU!



You Might Also Like

30 great lady(ies) said:

  1. Não percebo como é que é possível alguém com a sua sensibilidade apoiar o Trump. Perdeu uma seguidora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL
      Esta gente!! Anónimo não sabe ler? Não percebe a ironia?

      Eliminar
    2. Caro Anónimo,
      Certamente não leu o post todo! Lamento!

      Eliminar
    3. "Aí querida que desilusão, perdeu uma seguidora" 🙄🙄🙄

      Certamente que a Claudia não precisa de seguidoras que não compreendam os seus magníficos textos de opinião carregados de ironia.
      Talvez a cara leitora anônima não saiba o que é a "ironia". Na verdade eu passo a vida a ser irónica e também passo por "burra" ou "insensível" quando sou ouvida por esses seres tão sábios, inteligentes e bondosos! (Acabei de usar ironia, percebeu? 😱)

      Adorei o texto ❤️

      Eliminar
    4. Querida Diana,
      Bem-vinda ao grupo das irónicas incuráveis e obrigada por por continuares desse lado :)

      Um beijinho ♡

      Eliminar
  2. Gostei muito, ainda deu para rir um bocadinho apesar de ser uma situação bastante séria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ás vezes o humor é a única forma de encararmos algumas situações :)

      Um beijinho

      Eliminar
  3. O que me ri com este post. O Trump é mesmo um perfeito idiota

    ResponderEliminar
  4. Cláudia, concordo e discordo de si. Em parte acho que o Trump é uma escolha errada, no entanto entre ele e a Hillary acho que é um mal menor. Quanto ao Obama, acho que está envolto em sensasionalismo e que nunca teria merecido o nobel da paz. Vamos ver o que o futuro reserva aos norte-americanos e ao mundo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Filomena, em primeiro lugar obrigada pela sua partilha que merece todo o meu respeito! No entanto, discordo da sua opinião! Creio que a Hillary era um mal menor e que apresentava todas as características que a América e o mundo precisavam neste momento. Ainda que não tenha sido a candidata perfeita, tem características humanas válidas, sendo bastante diferente do Trump. Quanto ao Obama, o sensacionalismo gerado, na minha opinião, nunca abonou a seu favor e relativamente ao prémio Nobel sendo a atribuição do mesmo regida por alguns parâmetros objetivos acredito que tenha sido uma atribuição justa. Apesar de os EUA sob o comando do Obama terem usado a força (de forma maioritariamente justificada), houve claramente um esforço da sua parte para gerar um ambiente pacificador e de união entre os povos. Mas a escolha é sempre julgada de forma subjetiva, como recentemente se verificou com a atribuição do Nobel da literatura. :)

      Eliminar
  5. A Cláudia abusa da ironia sem conhecimento de causa. O Trump é um homem de negócios vem sucedido que fez propostas perfeitamente válidas em relação ao seu mandato. Não considero a escolha descabida, particularmente em relação à Hillary

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo, de facto abuso da ironia e peço desculpa se de alguma forma feri a sua sensibilidade. No entanto, este é o meu espaço de partilha, num país livre, pelo que posso e devo expressar a minha opinião assim como leio e aceito a sua.
      Quanto às propostas válidas do senhor Trump, julgo que não se refere ao muro que o caro senhor pretende erguer entre os EUA e o México, certo? Também não deve estar a referir-se ao facto deste senhor considerar deportar 11 milhões de imigrantes ilegais em massa, afetando milhões de trabalhadores e as suas famílias que não têm condições para regularizar a sua situação...correto? O Sr. Trump é um homem de negócios que acredita que o aquecimento global é uma treta e que todas as minorias estão abaixo de si próprio, é um narcisista, não é nem nunca foi um bom líder e, na minha opinião, um presidente de uma das maiores potências do mundo deve sê-lo.

      Eliminar
  6. A Cláudia domina a ironia mas não reconhece o paralelismo entre o nosso RSI e o obamacare, ainda que em setores diferentes? Pense nisso e pense tb se o Obama unificou ou dividiu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo, a sua questão é de facto bastante pertinente e percebo perfeitamente o seu inteligente paralelismo. Agradeço a sua partilha.
      A minha perspectiva é diferente, acredito que qualquer plano que crie condições básicas de sobrevivência a quem não as tem é viável e necessário. Da falta de condições advém a divisão, a criminalidade, a instabilidade. Se a aplicação desses planos é sempre justa? Claro que não. Mas se ajudar a mudar a vida de uma pessoa que seja, já valeu a pena. Essa mudança gera metamorfoses que afetam famílias inteiras, amigos, colegas de trabalho e a comunidade. Essa é uma perfeita definição de união, não acha? :)

      Eliminar
  7. Por mais que eu tente não consigo aceitar algumas opiniões aqui descritas... Trump?? A sério? Um abusador sexual, um palhaço racista, presidente? Como é que a Hillary ou o Obama podem sequer ser negativamente conparados a este cromo? Belíssimo texto Cláudia, como sempre

    ResponderEliminar
  8. Desculpa lá Cláudia mas a família Obama vem passar o Natal a minha casa e trazem o peru 😁 Fantástico post!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raios, e eu a pensar que eles preferiam o nosso bacalhau com todos :)

      Eliminar
  9. O melhor post que li sobre o assunto. Fantástico, parabéns!

    ResponderEliminar
  10. ADORO, concordo a 100%. As palavras valem mais que mil palavras (e ironias) :)

    ResponderEliminar
  11. Dos melhores textos que li sobre esta vergonha eleição!
    Fartei-me de rir (isto para não chorar de toda esta desgraça!)

    http://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada J.:)
      Que continuemos a rir das desgraças :D

      Eliminar
  12. Este foi o primeiro texto que li no teu blog. Fui pelo título, queria mesmo saber o que levava alguém a gostar do Trump, ahahah está fantástico, gostei imenso da tua ironia e sarcasmo. Muito bem feito, parabéns!
    Agora vou espreitar o resto do blog, ;)
    Bjs
    AM
    andreiamoita.pt

    ResponderEliminar

All about the latest news

Get an email of every new post!

All the ladies

All the stories