, , , , ,

Desabafos - A Inveja, a jornalista e o menino rico

sábado, agosto 17, 2013


Existe uma palavra negra, na minha consideração, que será sempre a mais estranha e reveladora característica humana: a Inveja.
Este é um defeito de fabrico de muitas pessoas que todos os dias nos rodeiam como abutres famintos, é uma característica da essência: pode ser (mal) disfarçada com palmadinhas nas costas mas NUNCA extinta.

Vi a entrevista da Judite de Sousa ao jovem Lorenzo Carvalho. O Lorenzo é um rapaz rico, com muito mais dinheiro do que (arrisco a dizer) 90% dos jovens portugueses da sua idade e, sim, dá nas vistas!
A jornalista indiscriminadamente intitulou o Lorenzo de fútil, várias e acutilantes vezes. O dinheiro que gasta, a forma como se veste, a superficialidade do que vemos, serão suficientes para considerarmos alguém fútil?

A futilidade é, para mim, a errada hierarquização de valores, é a forma como algumas pessoas colocam o dinheiro e a superficialidade acima da honestidade, amor, solidariedade.
Ser fútil é ter mais de 30 pares de sapatos? Ser superficial é gostar de relógios caros e festas aparatosas? Não serão estas, quando bem posicionadas, meras preferências?

Em Portugal somos apologistas do Humildezinho Desgraçado, aperfeiçoamos a cada dia o "vai-se andando" e a atitude derrotista. Sempre que num rasgo de brilhantismo surge alguém com força e talento ou simplesmente com dinheiro, o Humildezinho Desgraçado transforma-se no Herói Vingador da Pátria. Subitamente existe um alvo, alguém que pode facilmente ser acusado por todos os atentados, crimes e calamidades.O Herói Vingador da Pátria encontra finalmente um bode expiatório para os seus próprios fracassos.

Não conheço o Lorenzo e, por esse motivo, não o julgo por aquilo que parece! É certo que pode realmente ser fútil e superficial, mas NINGUÉM tem o direito de fazer acusações baseadas num semblante.
Pergunto-me se a entrevista teria as mesmas questões se fosse feita a um magnata da banca ou a um qualquer dirigente partidário em cargo empresarial comprado! Pergunto-me se a total comiseração arrogante e trocista seria aplicada a um entrevistado poderoso, como as centenas de pseudo-importantes-diretores/ministros que diariamente nos ROUBAM.

O Lorenzo é um miúdo que faz, descaradamente e sem falsas modéstias, aquilo que milhares de jovens fariam na posição dele. É o culpado pelo estado atual do país? NÃO! Tem obrigação de ajudar os portugueses a ultrapassar a crise? NÃO! Tem de ser obrigado a referir o quê/como/quem ajuda mediante olhares de acusação? NÃO!

Não digo que a jornalista tenha qualquer sentimento de Inveja perante o Lorenzo, até porque melhor do que ninguém sabe o que é viver em Portugal de forma desafogada e, durante anos na RTP, à custa dos portugueses! O que me choca é o reforço do Humildezinho Desgraçado que certamente estaria em casa a esfregar as mãos de contentamento ao ver a entrevista.

E para terminar, um recado para os Humildezinhos Desgraçados deste país: quem vive obcecado por aquilo que os outros têm, nunca viverá o tempo suficiente para usufruir daquilo que tem e que poderia ter.

Para os restantes, meus queridos, sucesso... e sal grosso! ;)





You Might Also Like

11 great lady(ies) said:

  1. Adorei! Sou da mesmo opinião que tu. Quem somos nós para criticar seja quem for? Se ele tem dinheiro melhor para ele, que o gaste ou poupe, mas o dinheiro é dele. Agora, criticá-lo por esbanjar dinheiro em Portugal? Então para isso os turistas também não o podiam fazer e ninguém podia ser rico, tínhamos todos de ser pobres para ninguém gastar mais ou menos.
    Deixem lá o rapaz em paz e sossego, se eu tivesse dinheiro e o pudesse esbanjar também comprava mais uns parezitos de sapatos. Se sou fútil por isso? Não, simplesmente gosto mesmo muito de sapatos, eheh :)
    Vou seguir o teu blog, gosto imenso da tua escrita!
    xx

    inêsd
    http://theetherealwinter.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. não vi a entrevista, mas pelo que li no post, não poderia concordar mais com você.

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. a melhor parte foi quando se referiu a ele como um rapaz excêntrico devido ao corpo tatuado

    ResponderEliminar
  4. Ele faz o que quiser com o dinheiro.
    Ele não roubou ninguém. Não vive de rendimento social (como muita gente que por cá anda...a receber rendimento social e de BMW à porta).
    Ela está cada vez pior. Mais uns tempinhos e acredito que ela ganhe o mesmo caminho da Manuela MG (que ao menos não fazia figuras destas)

    A Judite de Sousa de tivesse vergonha na cara (coitada, nem deve saber o que é) estaria calada.

    Para além disso, ainda bem que ele tem dinheiro e que gosta de o gastar. Ele gosta de o gastar cá. É cá que o dinheiro fica. Tomara nós que houvessem mais meninos ricos a esbanjar dinheiro em Portugal.

    Jornalismo português no seu pior.
    Mas é bom ver que, existem pessoas como tu que pensam fora da caixa (felizmente até existem mais) e percebem a mesquinhez da senhora.

    Beijinho*

    http://www.beauty-with-love.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Não gostei nada dessa entrevista, ela estava a ser super arrogante. Eu até acho que ela nem devia falar muito assim, ela falou como se ele tivesse que gastar o dinheiro a ajudar os outros, etc etc... até ela deve ter um ordenado que muita gente não tem com os familiares todos juntos em casa. Mas apontar para os outros é mais fácil. beijinho, gostei do post

    http://ourbittersweetaddiction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Concordo contigo!

    Não quero dizer mal da senhora entrevistadora, porque quiçá as palavras não surgiram originalmente da boca dela. Mas senti-me envergonhada de tal acontecimento se ter sucedido na televisão portuguesa. :x
    O moço ainda ajuda (pelo que ele disse) e é criticado. E os políticos que nos meteram nesta situação, saem de fininho? Deve ter servido só para desviar a atenção de quem realmente têm alguma culpa.

    ResponderEliminar
  7. Escreveste tu e muito bem :) Até parece que o rapaz tem culpa da riqueza que os pais e avós juntaram ao longo dos anos!
    As pessoas já não podem ser livres de ser como querem porque há sempre alguém pronto a criticar, pronto a chamarem-nos de fútil ou superficial.
    O rapaz manteve uma postura muito profissional, embora estive desconfortável mas a Judite falhou e muito.
    Oh bem, é são dois exemplos bem diferentes de pessoas que podemos encontrar em qualquer sociedade.
    Beijinho**

    ResponderEliminar
  8. eu vi a entrevista e fiquei mesmo revoltada como ela a fez
    ela estava constantemente a atacar o rapaz e a fazer ele sentir-se mal por ter tanto dinheiro e por gastar como ele quer
    mas é que ninguém tem nada a ver com isso pois é dinheiro dele não andou a roubar nada a ninguém e o que é dele pode bem fazer dele o quiser
    e claro que ele vai gastar o dinheiro dele de diferente maneira que alguém mais velho isso é normal mas ficou muito mal por parte da Judite ter atacado assim o rapaz dessa maneira
    e digo eu quem é ela para julgar?ela também não deve andar aí com o ordenado minimo de certeza que deve fazer compras absurdas de vez enquando só que claro com a idade dela não vai ser em festas como um jovem de 20
    bjinhu*

    ResponderEliminar
  9. Gostei do post, mas não gostei nada desta entrevista -.- :/
    Womens's Stuff

    ResponderEliminar
  10. Olá querida
    concordo com tudo o que disseste, eu não vi a entrevista mas pelo que já li sobre ela não me dá grande vontade de a ver.
    acho que não é por uma pessoa ter muitas roupas ou sapatos que vai ser fútil, alias uma coisa não tem nada que ver com a outra.

    beijinhooo

    ResponderEliminar
  11. Eu não poderia concordar mais!

    http://tribalnature.blogspot.com
    DESIGN STUDIO

    ResponderEliminar

All about the latest news

Get an email of every new post!

All the ladies

All the stories